Notícias

[OAB-BA lança pesquisa para mais de 50 mil advogados]

OAB-BA lança pesquisa para mais de 50 mil advogados

Objetivo é conhecer o perfil da classe para ajudar no desenvolvimento de políticas e enfrentamento de desafios

Mais de 50 mil advogadas e advogados baianos poderão atualizar seu cadastro junto ao site da OAB-BA. Lançada nesta quinta (23) pela Comissão Especial de Promoção da Igualdade Racial da Seccional, a medida busca conhecer o perfil da classe para ajudar no desenvolvimento de políticas e no enfrentamento dos principais desafios da advocacia no estado.

A pesquisa conta com questões étnico-raciais, econômicas, de identidade de gênero e religião e pode ser feita de forma rápida e simples. Basta inserir o número da inscrição no link. Poderão responder às perguntas advogados e estagiários inscritos nos quadros da Ordem.

"Ao fazer a atualização, o colega nos ajudará a traçar a identidade dos grupos relacionados à advocacia e a adotar medidas mais assertivas, com serviços mais específicos em favor da classe", explicou a presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial, Dandara Pinho. 

Ainda segundo ela, com as respostas, a seccional poderá elaborar estratégias e ações em prol da advocacia, "que segue ainda mais vulnerabilizada neste momento de pandemia e dos atrasos do Poder Judiciário na Bahia”.

Além de rápida e prática, Dandara também ressaltou que a pesquisa é anônima, uma vez que o objetivo não é a identificação do entrevistado, mas o mapeamento da classe. “A ideia é que o advogado coloque seu número de inscrição apenas para a gente fazer seu reconhecimento, mas não vamos guardar seus dados. Sua identidade será preservada, de acordo com o que determina a Lei de Proteção de Dados", explicou.