Publicada em 15/12/2017

1º Seminário do Cerrado debate crise ambiental e políticas fiscais de financiamento

Seccional

A crise ambiental no cerrado baiano será tema do 1º Seminário do Cerrado que acontece na próxima terça-feira (19), na cidade de Formosa do Rio Preto. Com intuito de discutir os problemas ambientais e possíveis soluções a partir de politicas fiscais de financiamento, especialistas da Bahia, dos Estados Unidos, da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Bahia, e gestores públicos promovem um amplo debate. O encontro promovido pela Superintendência de Assistência Social de Formosa do Rio Preto acontece na Praça da Cesta do Povo, no Centro, a partir das 19h.

Entre os temas estão “Convivência com o Cerrado: A Experiência da Cacimbinha”, “Experiências que dão certo: Projeto Nascentes, em Formosa do Rio Preto”, “Conservação e Desmatamento do Cerrado” e “Fontes de Financiamento de Políticas Voltadas para o Cerrado”. O superintendente de Assistência Social de Formosa do Rio Preto, Darlan Lustosa, destaca a importância do evento para região. “Fundamental discutir o cerrado, algo que nunca foi feito antes”, destaca.

O advogado e presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia, Tiago Assis, pretende abordar os programas do governo federal voltados para o cerrado e como os municípios da região podem gerar receitas próprias. Serão apresentadas situações das cidades que sediam importante atividade agrícola para economia de commodities como Formosa do Rio Preto, Barreiras, Riachão das Neves, Luís Eduardo Magalhães na Bahia, Gilbués, Cristalândia, Santa Filomena, São Gonçalo do Gurguéia no Piauí, Mateiros (TO).

Já os especialistas ambientais tratarão sobre as experiências de convivência dos povos tradicionais com o cerrado. Povos que interagem e que provocam baixíssimos impactos sem interferir no rumo da natureza cerradeira. Há ainda práticas de recuperação de áreas degradas que têm obtido resultados efetivos e que serão divulgadas durante o evento.

Programação

- 19h- Edite Lopes de Souza: Engenheira Agrônoma, Coordenadora do Projeto Geração Geraizeiras da ONG 10senvolvimento

Tema: Convivência com o Cerrado: A Experiência da Cacimbinha;

- 19h20 - Leanderson Barreto: Engenheiro Florestal, Pós-Graduado em Gestão Ambiental, MBA em Manejo Florestal de Precisão e Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos na Prefeitura Municipal de Formosa do Rio Preto

Tema: Experiências que dão certo: Projeto Nascentes, em Formosa do Rio Preto;

- 19h40 - Aline Leão: Coordenadora da ONG norte americana, engenharia ambiental

Tema: Conservação e Desmatamento do Cerrado;

- 20h - Tiago Assis: Advogado, Professor de pós-graduação na Unifacs, Presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia e Mestrando em Políticas Sociais e Cidadania

Tema: Fontes de Financiamento de Políticas Voltadas para o Cerrado.




Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados