Publicada em 08/05/2018

Bacharéis aprovados no exame da Ordem recebem carteira da OAB

Seccional

A OAB-BA realizou nesta segunda-feira (7) entrega de carteiras a novos advogados e advogadas. Os bacharéis aprovados no exame da Ordem receberam as carteiras em cerimônias realizadas no auditório da seccional que contaram com as presenças do presidente Luiz Viana, da vice-presidente Ana Patrícia Dantas Leão, do secretário-geral adjunto Pedro Nizan, da diretora-tesoureira Daniela Borges, do conselheiro federal Fabrício Castro, do presidente do Clube dos Advogados Fernando Santos, da presidente da Comissão de Mediação e Conciliação Rosane Fagundes, do presidente do CCJA Hermes Hilarião, da vice-presidente do CCJA Sarah Barros Galvão, da presidente da Comissão de Seleção Isabela Bandeira, da diretora da ESA Thais Bandeira, da presidente da Comissão do Idoso Dora Marcia Zalcbergas, do conselheiro decano Adilson de Castro, do membro da Comissão de Direitos Humanos Tiago Freitas, da membro da Comissão de Direitos e Prerrogativas Camilla Coutinho, do membro da Comissão de Defesa de Prerrogativas Matheus Cardoso, do conselheiro seccional e presidente da ABAT Jorge Lima, do ex-presidente da OAB-BA Thomas Barcellar, da presidente da Comissão de Ensino Jurídico Cinzia Barreto, entre outros advogados e advogadas e  autoridades do Judiciário.

O presidente da OAB-BA Luiz Viana ressaltou que a partir do momento que os profissionais recebem o documento que os autoriza advogar se tornam detentores de novos diretos, mas também de deveres, que são os mesmos tanto para os jovens advogados como para aqueles que já possuem mais tempo de estrada. "Nós somos muito diferentes, mas como advogados e advogadas somos absolutamente iguais. Eu tenho os mesmos direitos que vocês e eu tenho os mesmos deveres que vocês", afirmou.

Para Fabrício Castro, os profissionais recém-chegados à Ordem devem buscar caminhos que os façam felizes e terem certeza de que encontrarão na OAB-BA o apoio necessário para superar as dificuldades que certamente se apresentarão no exercício da advocacia. "O início nunca é fácil, mas com perseverança e honestidade é possível ultrapassar qualquer barreira".

De acordo com a vice-presidente da OAB-BA, é sempre uma grande emoção a chegada dos novos colegas à Ordem. Ana Patrícia Leão propôs aos advogados e advogadas saírem da seccional com um sentimento de união e cientes de necessidade de transformação. "Precisamos transformar o mundo que vivemos e nós somos os elementos de transformação. Vamos retribuir todo o esforço da nossa família com ética, seriedade e comprometimento para com a sociedade", frisou.

A secretária-tesoureira Daniela Borges ressaltou o esforço de cada advogado e advogada para que fosse possível este momento na vida deles. "Só vocês sabem o quanto caminharam para chegar até aqui. Então esse momento significa muito para cada um que está nesse auditório hoje". 

Para Cínzia Barreto, este é o momento também de agradecer aos familiares que estiveram presentes durante toda a vida desses novos advogados e advogadas e contribuíram para tornar esse sonho realidade. "Fico gratificada de estar presente neste ritual de transição. É o momento de agradecer àqueles que cuidaram de vocês desde o nascimento, cruzaram seus caminhos e andaram ao seu lado".

Isabela Bandeira destacou que a concretização desta etapa é uma vitória que orgulha a todos aqueles que cercam os recém-formados operadores do Direito. "Até muito mais do que os formandos, o orgulho é muito maior por parte dos acompanhantes, que contribuíram e apoiaram não só financeiramente, como também emocionalmente os agora advogados e advogadas". 

Nova advocacia e a OAB-BA
Ao dar as boas-vindas aos colegas, Sarah Galvão, vice-presidente do CCJA, chamou atenção para o novo momento que vive a advocacia. "Antigamente para ser advogado ou advogada as pessoas tinham que vir de famílias nobres, ter poder aquisitivo e uma rede de relações no meio jurídico. Hoje essa realidade foi modificada. Na minha família, eu sou a primeira advogada e a primeira neta e bisneta formada".

Rosane Fagundes, presidente da Comissão de Mediação e Conciliação, falou a respeito das novas formas de exercício do Direito, como o Direito Sistêmico e o Direito Colaborativo. "É importante alertar esses novos colegas para a função do advogado na construção de uma sociedade mais pacificada, justa e humana e que eles tenham um novo olhar para esse novo Direito e essa nova forma de advogar".

Hermes Hilarião, atual presidente do CCJA, convidou a todos a conhecerem as atividades do Conselho Jovem e ressaltou que com a gestão do presidente Luiz Viana a OAB-Jovem se tornou democrática e aberta. "Qualquer jovem advogado e advogada pode participar da gestão. Independente de indicação política de A, B ou C tem a possibilidade de dar sua contribuição".

Os presentes tiveram a oportunidade ainda de ouvir a diretora da ESA, Thais Bandeira, que falou um pouco sobre o trabalho desenvolvido pela Escola. "Temos palestras, seminários, cursos de aperfeiçoamento. A linguagem da escola é de ordem prática, de advogado para advogado", disse. E o presidente do Clube dos Advogados, Fernando Santos. "O Clube está se tornando um espaço cada vez mais atrativo e inclusivo. Todos vocês estão convidados e a anuidade de vocês já garante acesso ao clube com mais três convidados". 

A membro da Comissão de Direitos e Prerrogativas Camila Coutinho alertou os colegas sobre a necessidade de se conhecer as prerrogativas. "Infelizmente na faculdade não aprendemos nada sobre prerrogativas. Quero pedir a vocês que estudem muito, conheçam as prerrogativas porque só assim saberemos quando elas estão sendo violadas". 

Foto: Angelino de Jesus (OAB-BA)

Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados