Publicada em 30/07/2018

Caminhada em defesa do Velho Chico mobiliza advocacia de Juazeiro

Seccional

Uma caminhada em defesa do Rio São Francisco marcou o encerramento da conferência estadual promovida pela OAB da Bahia nos dias 27 e 28 de julho, que levantou soluções para os principais problemas enfrentados pelo Velho Chico. Realizada na manhã do sábado (28), a ação mobilizou lideranças da OAB-BA, advogados da região e sociedade civil em ato simbólico, partindo da sede da subseção de Juazeiro até a Orla Nova do município, em frente ao Vaporzinho Saldanha Marinho, ícone da navegação do São Francisco, e da estátua João Gilberto.

"Este evento foi de suma importância para nós, porque conseguimos unir a advocacia, sociedade e nossos familiares nessa luta, que é de todos, em defesa do Rio São Francisco. Não havendo rio, não há sobreviventes. Então a OAB-BA, a OAB de Juazeiro e a CAAB estão de parabéns pela iniciativa. Vamos continuar na luta", destacou o presidente da OAB de Juazeiro, Aderbal Viana.

O membro da Comissão Especial de Proteção ao Rio São Francisco da OAB-BA José Gomes destacou o pioneirismo da seccional na criação da comissão, inspirando o Conselho Federal e outras seccionais nordestinas a criarem o grupo, e descreveu a caminhada como um momento ímpar. “Ela encerrou a conferência com chave de ouro e teve adesão não só da comunidade jurídica, mas de toda a comunidade juazeirense”, pontuou.

A presidente da OAB Jovem de Juazeiro, Mariane Morais, afirmou que a ação deve acontecer mais vezes, não só para conscientizar a advocacia e jovem advocacia, mas toda a população. “O Velho Chico representa o berço do desenvolvimento da nossa região, o subsídio maior para todos que moram aqui, é a nossa produção, nosso dia a dia. Então a gente não pode deixar ele morrer. A gente tem que cuidar com muita força de vontade e mobilizar cada um como aconteceu hoje”, conclamou.

O conselheiro seccional juazeirense, Marcos Santanna, descreveu como fundamental o trabalho de conscientização da população ribeirinha, uma vez que o rio representa vida e riqueza “Somos reconhecidos nacionalmente como os produtores de irrigação e, se a gente perder o rio, a gente morre”, enfatizou.

O vice-presidente da subseção de Juazeiro, Thiago Cordeiro, destacou a importância do movimento da seccional na busca pela preservação do rio e combate ao assoreamento. “É a OAB unida à sociedade em defesa do rio”, ressaltou.

Construir o porvir

Na véspera da caminhada, durante a programação da conferência, o presidente da OAB-BA, Luiz Viana Queiroz, também falou sobre a importância do rio e seu desejo de preservação da bacia. “Não podia haver cenário mais representativo para realizar essa conferência. Na verdade, sempre sonhei com o dia em que nosso Velho Chico deixasse o leito de morte no qual foi enclausurado pela usura de exploradores de todo tipo. Mas, mais que sonhar, como disse Ariano Suassuna, é preciso montar o cavalo da história. Por isso estamos aqui, hoje, para galopar nossos sonhos e, com a ajuda dos nossos colegas da região, construir o porvir”, conclamou.

O conselheiro federal Fabrício de Castro afirmou que “o Rio São Francisco, o rio da integração nacional, está morrendo” e destacou o papel da OAB-BA na reversão do problema. "Nada mais justo do que a Ordem fazer um grande trabalho para colaborar com a luta pela sobrevivência do rio, seja na fiscalização ou adoção de medidas concretas".

A presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da OAB-BA, Roberta Casali, destacou o peso institucional da OAB na contribuição efetiva da causa e falou sobre o papel da comissão. “A nossa Comissão de Meio Ambiente já firmou parceria inclusive com o programa Fiscalização Preventiva Integrada, coordenado pelo MP-BA, que tem apresentado resultados importantes para reversão do quadro caótico na bacia do Velho Chico”, finalizou.

Foto: Angelino de Jesus (OAB-BA)

Fotos

Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados