Publicada em 03/09/2018

Lançamento da plataforma Headhunter e painel com ministro do TST marcam encerramento da conferência do CCJA

Seccional

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Cláudio Brandão foi o palestrante que fechou a I Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana, evento promovido pelo Conselho Consultivo da Jovem Advocacia (CCJA) da OAB-BA, entre os dias 29 e 31 de agosto. O ministro participou do painel "A Reforma Trabalhista e seus impactos: avanço ou retrocesso?" e destacou o protagonismo que a advocacia deve ter em meio ao cenário que se apresenta.

"Neste momento, é fundamental que a advocacia brasileira esteja debruçada estudando este texto para dele extrair interpretações que importem na reconstrução conceitual, dogmática e principiológica do Direito do Trabalho no Brasil", alertou Cláudio Brandão.

Ele ressaltou ainda os papeis do Ministério Público do Trabalho, que tem a tarefa de defender os direitos sociais, e dos magistrados, especialmente o primeiro grau, que será encarregado de fixar as primeiras teses relacionadas à interpretação da norma jurídica.

A integrante da OAB Jovem Joeline Araujo, que participou do painel com a palestra "Os reflexos da reforma trabalhista para a Advocacia", chamou atenção para o contexto que reforma foi discutida. "Ela nasce num cenário de crise institucionalizada dos nossos poderes e atinge a atividade da advocacia. Por isso, importa nós observarmos os efeitos dessas mudanças para a classe", afirmou.

Na tarde de sexta-feira (31), os cerca de três mil inscritos no evento tiveram a oportunidade ainda de participar dos painéis "Consitucionalismo Brasileiro Pós-Moderno", "Perspectivas para a Advocacia na Sociedade Pós-Moderna" e "Tributação e desafios na advocacia".

Headhunter
Durante a conferência foi lançada a plataforma Headhunter, que oferece serviços de recolocação no mercado, primeiro emprego e combate à honorários alvitantes; além de aproximar advogados, escritórios, estagiários e empresas. A criação da ferramenta foi mais uma iniciativa da OAB Jovem.

"A plataforma é integrada à base de dados do Cadastro Nacional dos Advogados (CNA). Para que essa comunidade possa crescer cada vez mais é preciso se engajar nela, pois todos os dados dos advogados e advogadas já estão na plataforma", explicou o advogado Fábio Vilas-boas. No encerramento da conferência também foi lançada a Revista Digital da Jovem Advocacia.

Debate jurídico
A Conferência Estadual também contou com debates sobre temas polêmicos e que dividem opiniões na nossa sociedade. Os UFCs jurídicos reuniam dois especialistas em determinado assunto, um contra e outro a favor, que expunham seus argumentos e confrontavam suas ideias. Entraram na pauta temas como aborto, vaquejada e legalização das drogas.

A jovem advogada Jeane Oliveira, que participou dos três dias de conferência, aprovou a iniciativa. "Muitas vezes nós temos um preconceito sobre determinado assunto e, quando vemos o embate de contras e prós, começamos a ter uma visão diferente. Acho super válida a ideia e acredito que outros congressos deveriam adotar essa prática", afirmou. 

Foto: Angelino de Jesus/OAB-BA

Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados