Publicada em 06/07/2018

OAB Jovem e ESA reúnem especialistas para debater Reforma Trabalhista

Seccional

O Conselho Consultivo da Jovem Advocacia (CCJA) da OAB-BA, em parceria com a Escola Superior de Advocacia (ESA), promoveram mais uma edição do Bate Papo Jurídico. O evento ocorreu na quinta-feira (5), no Salvador Trade Center, e discutiu a Reforma Trabalhista. Participaram do debate o juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, Agenor Calazans, o presidente da ABAT e conselheiro da OAB-BA, Jorge Lima, e a conselheira da OAB-BA Cinzia Barreto. O evento ainda contou com as presenças do conselheiro federal Fabrício Castro, do presidente do CCJA, Hermes Hilarião, da vice-presidente do CCJA, Sarah Barros Galvão, e do conselheiro seccional Adilson Affonso de Castro.

De acordo com o juiz Agenor Calazans, é sempre válido discutir a legislação do trabalho, principalmente nesse momento de tantas mudanças. “Em se tratando de Reforma Trabalhista, a importância do debate é muito grande, sobretudo com os profissionais que estão começando, que são pessoas que estão aí com todo o entusiasmo para levar essa discussão adiante”, afirmou.

Para Cinzia Barreto, ao se aproximar da jovem advocacia, os profissionais com mais tempo estrada estão cumprindo uma obrigação com a classe. “Nós advogados e advogadas mais experientes devemos dialogar com a juventude para que eles possam produzir melhor e refletir criticamente sobre o que está acontecendo com o Direito do Trabalho”.

O presidente da ABAT, Jorge Lima, parabenizou a iniciativa do CCJA e afirmou que ações como esta fortalecem a classe, uma vez que dá ferramentas para que a juventude observe a situação de maneira analítica. “Ao aproximar a jovem advocacia dos temas centrais da Reforma, fazemos com que esses colegas se interessem pelo tema e fujam do lugar comum, tanto das críticas quanto das defesas, que temos visto por aí”.

Segundo o conselheiro federal Fabrício Castro, um ponto de grande relevância no debate foi o fato dos palestrantes trazerem questões para além dos aspectos jurídicos da Reforma Trabalhista e que implicam diretamente na atuação dos advogados e advogadas. “Nós aqui promovemos uma discussão dos aspectos jurídicos, mas também institucionais, abordando inclusive questões referentes à sobrevivência da Justiça do Trabalho. O CCJA está de parabéns pela iniciativa”.

O presidente do CCJA, Hermes Hilarião, destacou que a sobrevivência da Justiça do Trabalho e o bom entendimento da Reforma pelos advogados e advogadas implica diretamente na cidadania. De modo que o Bate Papo promovido pela OAB Jovem foi também um evento de grande interesse público. “A cidadania e os trabalhadores dependem da Justiça do Trabalho e dos advogados trabalhistas, então a advocacia deve se unir no propósito de fortalecer a Justiça do Trabalho e, consequentemente, a sociedade”.

Foto: Angelino de Jesus (OAB-BA)

Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados