Publicada em 14/12/2017

OAB Jovem lança campanha nacional pelo fim da cláusula de barreira

Seccional

Pioneira no país, iniciativa busca participação da jovem advocacia na direção da Ordem e tem apoio dos presidentes do CFOAB, Claudio Lamachia, e da OAB-BA, Luiz Viana Queiroz

Uma campanha nacional pelo fim da cláusula de barreira foi lançada pelo Conselho Consultivo da Jovem Advocacia da Bahia (CCJA), também conhecido como OAB Jovem, em sua última sessão do ano, na tarde desta quarta-feira (13). Coordenado pelo presidente do CCJA, Hermes Hilarião, com o apoio do presidente da OAB da Bahia, Luiz Viana Queiroz, o lançamento oficial da campanha, pioneira no país, acontece após a OAB Jovem pleitear, durante a XXIII Conferência Nacional da Advocacia Brasileira, em São Paulo, uma reforma legislativa para pôr fim à cláusula, que impede os jovens advogados de se lançarem candidatos nas eleições da Ordem. 

“Esta é uma iniciativa fundamental, que tem como objetivo mobilizar a advocacia nacional, da capital e interior, para, juntos, conseguirmos fazer com que os advogados em início de carreira, assim como os demais colegas, tenham a oportunidade de participar do processo eleitoral da OAB”, destacou Hermes Hilarião.

Ainda sobre a campanha, o presidente da OAB Jovem lembrou que o presidente do CFOAB, Claudio Lamachia, aderiu ao pleito ainda na conferência, em São Paulo, e prometeu levá-lo ao Congresso e ao Pleno da Ordem. “A gente, realmente, acredita que essa mobilização não será só da jovem advocacia, mas da própria OAB, que tem como missão representar todos os núcleos da advocacia, como os advogados do interior, a mulher advogada, o advogado negro e a jovem advocacia, para que todos possam debater suas bandeiras dentro da Ordem”, destacou.

Diretoria jovem

O fim da cláusula de barreira também foi defendido pela vice-presidente do CCJA, Sarah Barros, que descreveu o lançamento da campanha como um “momento de crescimento para os advogados em início de carreira”. “Os jovens advogados já representam cerca de 50% da advocacia baiana, com representantes cada vez mais bem preparados e amparados pelo nosso presidente Luiz Viana. Essa campanha surge, então, como uma oportunidade única de crescimento para os colegas mais jovens e por isso é importante que todos venham abraçá-la, para que não exista nenhum tipo de distinção”, disse.

Com opinião semelhante, o diretor de Relacionamento com o Interior do CCJA, René Viana, e a diretora de Planejamento, Joeline Souza, também destacaram a importância da participação da jovem advocacia nas decisões da Ordem. “A presença de representantes jovens assegurará voz e visibilidade aos que iniciam a carreira, com a propriedade de quem vivencia, na pele, as dificuldades do início da profissão, especialmente os colegas do interior”, disse René. “Os jovens advogados e as jovens advogadas não só podem como têm o dever de ocupar espaço nos conselhos seccionais e na diretoria da Ordem”, complementou Joeline.

Para Luiz Viana, apesar de já contar com o apoio decisivo da jovem advocacia em suas principais decisões, a OAB precisa assegurar, também, a presença de profissionais em início de carreira na composição de seu Conselho. “Estar nas comissões não é a mesma coisa que estar no Conselho, definindo os programas que deve seguir a administração. Os advogados no início da carreira deveriam ter o mesmo direito de ser elegíveis”, pontuou.

"A participação dos jovens colegas é fundamental para a entidade, que deve, de todas as formas, incentivar sua integração. Não há nenhuma razoabilidade em impedir o profissional em início de carreira de participar da OAB. Sem sombra de dúvidas, o fim da cláusula de barreira permitirá que a entidade seja muito mais forte com a atuação da jovem advocacia", complementou o conselheiro federal Fabrício de Castro Oliveira.

Um relatório de ações de 2017 e a discussão de metas para 2018 encerraram a última sessão do ano. Segundo Hilarião, após fechar 2017 com a interiorização da jovem advocacia e a realização de um Encontro Regional histórico, os planos para 2018 são ainda maiores. “Queremos concretizar algumas das nossas principais bandeiras, como a implementação do piso salarial, que ainda se encontra com o governador, e dar continuidade às ações voltadas à advocacia do interior, como o programa de boas-vindas e cursos que permitam aos colegas ter uma sustentabilidade e sucesso na área”, concluiu.

Foto: Angelino de Jesus (OAB-BA)

Tel:  (071) 3329-8900
Fax: (071) 3329-8926

Rua Portão da Piedade, nº 16 (Antiga Praça Teixeira de Freitas) Barris - CEP: 40.070-045 - Salvador / Bahia / Brasil

OAB 2013 - Todos os direitos reservados